metodo-simplifixa-guia-17.png

O nosso método é dividido em 5 grandes etapas. Atua nos mais diversos conjuntos de informações organizacionais como planejamentos estratégicos, modelos de processos, regras de negócio, procedimentos documentados, interfaces de sistemas, portais de dados, APPs, repositórios de dados para gestão de conhecimento, entre tantos outros.

Propósito Organizacional

Aqui estamos querendo conhecer: 

  • Os objetivos, regras e processos da organização, para saber como ela funciona e qual sua intenção em ter uma comunicação mais simples. 

  • Quais os artefatos (processos de negócio, sistemas, documentos internos, sites, comunicação interna etc) serão tratados nesta iniciativa. 

  • Padrões de comunicação existentes nesta organização.   

 

Este tema não está diretamente relacionado com as Práticas do Federal Plain Language Guideline, mas é de extrema importância conhecer o contexto e as premissas do trabalho que você vai realizar antes de começar. 

Cliente da Informação

Aqui estamos querendo entender em detalhes o público, para definir a melhor forma de apresentar a informação. Você precisa saber com quem está falando para se comunicar efetivamente com essas pessoas. Nesse ponto vamos tratar a prática de “Pensar no seu Público” definida no Federal Plain Language Guideline.

Engenharia da Informação

Aqui, quando falarmos de Linguagem Simples para escrita de textos, vamos organizar a maioria das práticas presentes no Federal Plain Language Guideline. Desde práticas para organização até as práticas sobre sentenças, frases e palavras. Serão também inseridas outras práticas coletadas na literatura para organização e estruturação dos outros tipos de conteúdos como desenho de gráficos, arquitetura organizacional, análise de interfaces, etc. Vamos trabalhar ainda atividades diferentes para criação de conteúdos ou melhoria de conteúdos já existentes. 

Análises e avaliações

Aqui vamos tratar das avaliações. Neste ponto sugerimos métodos de observação, investigação e inspeção que podem ser usados para verificar se o produto gerado, após a aplicação de todas as práticas citadas anteriormente, teve o resultado desejado. Esta parte do método é apoiada no Federal Plain Language Guideline, mas inclui métodos de avaliação de literaturas diversas.